Policial

Corpo de Bombeiros promove curso Surf-Salva em Tibau

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), em parceria com a Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), continua agora no início de março a realização do curso gratuito Surf-Salva, para ensinar aos surfistas e praticantes de esportes aquáticos do litoral potiguar procedimentos básicos de como prevenir afogamentos e salvar banhistas em situação de risco.

Nos dias 2 e 3 de março, a equipe do Projeto Surf Salva estará na cidade de Tibau, distante 322 kms de Natal. No dia 02, o curso será ministrado na Praia das Emanoelas, a partir das 08 horas, exclusivamente para os bombeiros militares do 2º SGB/2ºGB, que serão capacitados para ficarem realizando o curso Surf Salva na região. Já no dia 03, na Praia do Ceará e no mesmo horário, o curso será aberto para os surfistas e os praticantes de esportes aquáticos em geral, com as inscrições sendo feitas por ordem de chegada. Na oportunidade, os bombeiros capacitados no dia anterior, já colocarão em prática o aprendizado.

O curso tem Introdução ao Salvamento; Equipe Guarda-Vidas & Surfistas; Geografia da praia; Prevenção em afogamento; O socorro com prancha; Boca-a-boca dentro da água; Transporte da água para a areia; Suporte básico de vida na areia e Como e quando chamar por ajuda.

Com o objetivo de reduzir o número de afogamentos, o Surf-Salva é uma das mais poderosas formas de ajudar. O curso tem conteúdo teórico e prático e é realizado em linguagem simples e fácil de ser transmitida. “O objetivo é ensinar aos surfistas, que estão todos os dias nas praias de litoral junto com os guarda-vidas, sem que para isto se torne uma vítima da situação. Desta forma, passa-se o aprendizado a outros, multiplicando o conhecimento, resultando em milhares de vidas salvas em nosso país”, explica o coronel Monteiro.

Pesquisas mostram que, 51% dos surfistas já presenciaram alguém morrendo na praia, 74% já participaram de algum salvamento, 32% afirmam ter medo por não ter conhecimento de primeiros socorros, 46% já tiveram a oportunidade de ajudar um guarda-vidas, e 84% gostariam de participar de algum curso de primeiros socorros para afogamento. Já do lado dos guarda-vidas, 41% já foram auxiliados alguma vez por um surfista, e 84% acreditam que o surfista possa realizar um salvamento.

Redação M 190
Comente Aqui!
COMPARTILHE!

Comentários no Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com
Fechar